Blog Escola Linux

  

Conheça as principais competências não técnicas para um profissional de TI

Conheça as principais competências não técnicas para um profissional de TI

Ser um profissional de TI requer um alto nível de conhecimento técnico, que vai desde a programação de linguagens e implementação de projetos até a solução de problemas que parecem simples, mas são de alta complexidade para quem não tem conhecimento na área.

Quais são as competências que podem fazer a diferença para um profissional da área? Descubra!

Resolução de problemas

Um profissional da área de TI não apenas consegue identificar problemas no sistema, ele também é capaz de desenvolver soluções práticas de maneira ágil e inteligente, uma vez que sua compreensão o torna capaz de ter atenção aos detalhes.

Além disso, essa competência é comum a profissionais de TI porque esse tipo de profissão se constrói em uma área que está em constante evolução.

Capacidade de se renovar

Também relacionado à constante evolução da área, um bom profissional de TI sempre busca se atualizar, ao contrário do que acontece em outras áreas. Dessa forma, esse profissional acompanha tendências e está sempre se inovando, o que é um grande diferencial na hora de elaborar um projeto.

Comunicação

Habilidades sociais são fundamentais para um bom profissional de TI. Um dos maiores desafios da área é comunicar a situação atual, especialmente para leigos em tecnologia. Paciência para ouvir e interpretar aquilo que outros setores têm a dizer também é importante.

Ou seja, é fundamental saber ouvir e saber se explicar, mesmo em momentos de tensão, o que também requer inteligência emocional, e a capacidade de manter a calma sob pressão.

Além disso, muitas vezes, cabe ao profissional o papel de informar ao líder da equipe que é necessário um reajuste de prazos ou que algo deve ser reestruturado, e essa habilidade também é importante para garantir o alinhamento do projeto.

Colaboração

Nem sempre uma empresa contrata apenas um programador ou funcionário de TI para agir sozinho. Na maioria das vezes, o profissional de TI irá agir juntamente com uma equipe. Isso significa que é importante desenvolver uma boa organização e metodologia de trabalho que se alinhe com aquilo que a equipe desenvolveu.

Compreensão de outros departamentos

Nenhum profissional precisa entender profundamente todos os setores da empresa. No entanto, é importante que o profissional de TI tenha conhecimento básico do que outros setores precisam para que possa desenvolver soluções para problemas que venham a acontecer.

Nesse caso, é importante ouvir aquilo que membros desses setores têm a dizer sobre suas funções e sobre a aplicabilidade da tecnologia em seu cotidiano.

Resumindo: o profissional de TI, atualmente, é muito mais do que apenas um indivíduo que fica em sua área e apenas é chamado quando algo dá errado.

Habilidades sociais são cada vez mais importantes na área, para garantir que ele entenda claramente o que há de errado e seja capaz de não apenas consertar momentaneamente o problema, como também oferecer soluções compreensivas para o setor.

Da mesma forma, se comunicar bem com a equipe e ter a capacidade de explicar calmamente e de maneira didática diversas situações é igualmente importante para a área. Assim, interagir com a equipe é um grande diferencial para oferecer um serviço de qualidade.

E você? Precisa desenvolver alguma dessas competências como profissional de TI?!

Guia Prático 101 dicas para usar o Linux como um Profissional!

Guia de Estudos Certificação AWS

Por que programar em Python? Conheça 10 bons motiv...
Cultura Devops: Por onde começar?!
Google Analytics Alternative