A programação nada mais é que a linguagem usada para a comunicação com o computador. A linguagem, seguida de códigos específicos ou chamados de algoritmos, são dotadas de comandos com o objetivo de executar uma ação.

Embora os primeiros computadores elétricos tenham surgido na década de 30, foi nos anos 90 que a Internet apareceu com tamanha força que mudou, consideravelmente, a programação. Foram criadas nessa época as linguagens Java e JavaScript. Com o tempo, as linguagens estão cada vez mais usadas e fáceis de interpretar.

A programação nos dias de hoje e as grandes influências

Apesar de a programação existir desde os primórdios do surgimento do computador e da Internet, hoje em dia as gerações Y e Z, totalmente conectadas e ligadas ao mundo tecnológico, são grandes exemplos e apostas como programadores.

Dentre diversos ícones desse universo de pessoas que aprenderam e começaram a programar desde jovens, vale citar nomes como Bill Gates e Paul Allen, que fundaram a Microsoft e, por último, mas não menos importante, Mark Zuckerberg, criador do Facebook.

Maneiras de aprender a linguagem de programação

De acordo com especialistas, aulas de programação e ciência da computação futuramente devem ser incluídas na grade de aulas das escolas. Assim, além de ler e saber interpretar, as crianças já seriam capazes de desenvolver códigos. Apesar de existir diversos cursos pagos e gratuitos para você, que quer aprender a programar, há também diversos sites com instruções básicas a respeito, que podem ajudar a entender a linguagem usada nos sites e aplicativos.

Mesmo quem nunca teve contato e familiaridade com programação, mas gostaria de aprender a programar, existem sites que disponibilizam instruções e exercícios de fácil entendimento para você entender sobre HTML, JavaScript, Phyton e PHP. Alguns desses sites são: Acessa SP, Codeacademy, Cursou, Eu Posso Programar, Fiap X, entre outros. Basta pesquisar e ver qual mais se adequa às suas necessidades.

Como colocar o aprendizado na prática?

Aprender a programar requer bastante leitura, disciplina, raciocínio, curiosidade e conhecimento ou familiaridade com o inglês, já que os sistemas operacionais e aplicativos são criados neste idioma. Depois de muito estudo, cursos online, tutoriais, uso de ferramentas online como University Consortium do Google ou o Developer Network do Mozilla, tentativas, erros e acertos, você pode começar a programar sozinho, seja para ter um novo negócio ou apenas por hobby.

Para entender e melhor visualizar seu objetivo e qual linguagem será abordada com sua criação, faça um infográfico com informações bem específicas sobre como você vai executar seu programa e de que forma ele vai funcionar. Assim, você é capaz de desenhar melhor o programa, entendê-lo com mais facilidade e traçar funcionalidades a ele. Esse será um grande passo para você, que está começando do zero. O importante é sempre aprender e executar diferentes linguagens de programação, investir em ideias, continuar programando e tentando diferentes e novas possibilidades para melhorar e aumentar seu leque de conhecimento. Quem sabe você não pode ser um novo e prodígio Zuckerberg? Basta querer!

E você? Já programa? Qual seu nível de programação? Conte-nos sua experiência!

Curso Online Qt Creator na Prática

Curso Online Programação Mobile com Android Studio