Blog Escola Linux

  

Você sabe como surgiu o Linux e o que é a filosofia do software livre?

Você sabe como surgiu o Linux e o que é a filosofia do software livre?

Aqui no blog da Escola Linux, você já leu diversos artigos falando dos aspectos técnicos do Linux: como implementar, quais suas vantagens, quais distribuições estão disponíveis, qual o uso correto para cada uma... Hoje, no entanto, queremos trazer para você um artigo um pouco diferente e discutir a história que está por trás do surgimento do Linux. Queremos falar sobre o projeto GNU e a filosofia do software livre. Vamos lá?

A Free Software Foundation

Em 04 de Outubro de 1985, o programador americano Richard Matthew Stallman fundou a Free Software Foundation (ou FSF), uma ONG voltada a apoiar o Movimento do Software Livre. Sua sede fica no estado de Massachusetts, nos EUA. 

O objetivo desta Fundação é promover a liberdade universal ao estudo, distribuição, criação e modificação de softwares. A Fundação também apoia o uso de distribuições sob termos de Direito de Cópia, como a licença GNU General Public License.

A FSF destina fundos à contratação de desenvolvedores de software, que se dedicam a escrever software livres para o Projeto GNU. Além disso, a Fundação também trabalha em questões jurídicas e estruturais, eliminando obstáculos que impedem a criação e uso de free software.

Nos computadores da FSF, somente são utilizados softwares livres.

O Projeto GNU

O Projeto GNU, assim como a FSF, foi fundado por Richard Matthew Stallman, que sempre foi um grande ativista do software livre. Este projeto foi anunciado em 27 de Setembro de 1983 no MIT e também através de uma mensagem na Usenet.

Naquela época, Stallman percebeu que, para garantir que todos os softwares usados em qualquer computador pudessem atender aos quatro requisitos de liberdades essenciais, a parte mais básica da máquina – o sistema operacional e todos os seus utilitários – também teriam que ser um software livre. Por isso, o primeiro objetivo de Stallman com o Projeto GNU era criar um sistema operacional livre que, na medida do possível, tivesse todos os elementos necessários para também dialogar com softwares que não fossem livres.

Assim, Stallman decidiu criar um sistema operacional que ficou conhecido como GNU, dando o nome ao projeto. O sistema era baseado no design do Unix, e o desenvolvimento começou em Janeiro de 1984. 

Em 1991, Linus Torvalds começou a distribuir seu próprio sistema operacional aberto, que combinava código desenvolvido por ele com alguns utilitários desenvolvidos pelo Projeto GNU, utilizando a GNU General Public License. E é por isso que o Linux, o primeiro sistema operacional aberto completo, é conhecido também como GNU/Linux.

O Projeto GNU teve uma preocupação importante em definir que tipo de software seria o alvo de suas ações: free software, ou seja, software livre – aquele que atende aos quatro requisitos de liberdades essenciais. Como, em Inglês, “free software” também significa “software gratuito”, a nomenclatura podia causar alguma confusão. Porém, o foco da filosofia do free software (e do Projeto GNU) não é na distribuição gratuita, mas no open source – ou seja, no acesso ao código-fonte do software.

A filosofia do software livre

A filosofia do software livre se apoia no conceito de 04 liberdades essenciais, que já mencionamos anteriormente. Isso significa que, para que um software seja considerado livre, ele precisa atender às seguintes premissas:

  • Liberdade 1: A liberdade de executar o programa como você desejar, para qualquer propósito.
  • Liberdade 2: A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo às suas necessidades. Para tanto, o acesso ao código-fonte é um pré-requisito.
  • Liberdade 3: A liberdade de redistribuir cópias, de modo que você possa ajudar ao próximo.
  • Liberdade 4: A liberdade de distribuir cópias de suas versões modificadas a outros. Desta forma, você pode dar a toda comunidade a chance de beneficiar de suas mudanças. Para tanto, acesso ao código-fonte é um pré-requisito.

Agora, você já conhece melhor a filosofia e a história do software livre. Com certeza, o trabalho de Richard Stallman no Projeto GNU e na FSF mudou o rumo da computação no mundo. Graças a ele, até hoje, milhares de pessoas se dedicam ao desenvolvimento e distribuição de free software, buscando ampliar o acesso da população e garantir liberdade para utilizar e melhorar os softwares existentes. 

Quer aprender ainda mais sobre software livre e sobre o sistema operacional Linux? Então, acompanhe o blog da Escola Linux. Assine nosso feed e fique por dentro de todos os conteúdos publicados por aqui.

Curso Online Linux Network Administrator

Curso Online Linux in Cloud Essentials

Certificações Red Hat: O que são e o que devo sab...
10 razões para escolher o Gimp como seu software d...
Google Analytics Alternative