Blog Escola Linux

  

Conheça tudo sobre as Interfaces gráficas no Linux

Linux é tudo sobre o que você quer e ter do oceano de software livre e de código aberto. O mesmo se aplica ao executar uma comparação de ambientes de área de trabalho, uma vez que eles compreendem diferentes aplicativos e uma GUI por meio da qual o usuário interage com o sistema operacional.

Assim como uma infinidade de sistemas operacionais livres baseados em Linux, há muitas opções disponíveis e nossa lista do melhor ambiente de desktop Linux e sua comparação inclui os tipos KDE, Cinnamon, Xfce, GNOME, etc. O mundo do Linux é cheio de software de código aberto. Você tem a opção de escolher entre centenas de distribuições e personalizá-las conforme sua vontade. Saiba mais!


Melhores ambientes dekstops Linux pra você testar

1. Plasma do KDE- Ambiente de Desktop Linux KDE

O ambiente de desktop Plasma Linux da comunidade de software do KDE é um dos ambientes gráficos de desktop mais personalizáveis. Está disponível para a família Linux de sistemas operacionais. As ferramentas e utilitários fornecidos com o KDE Plasma são coletivamente conhecidos como Aplicativos do KDE.

Uma adição notável ao pacote de aplicativos do KDE é o gerenciador de arquivos padrão Dolphin, que chegou ao ambiente Plasma Desktop com o lançamento do Plasma 4. Ele pode ser considerado um dos aplicativos de navegação de arquivos mais avançados.

O KDE Plasma vem como um ambiente de desktop Linux padrão para a distribuição do OpenSUSE Linux. Uma variante do Ubuntu com a área de trabalho do KDE é conhecida como Kubuntu. O Linux Mint baseado no Ubuntu é famoso por Cinnamon, mas também tem uma versão para desktop do KDE que você pode experimentar. Existem várias outras distribuições Linux como Netrunner, Fedora KDE, Slackware, etc.map é uma ferramenta capaz de detectar e analisar dados de redes, realizando análises editoriais de segurança. Dentre suas aplicabilidades, uma delas é ser capaz de analisar possíveis brechas de segurança em uma rede, e solucioná-las, prevenindo invasões.

2. Gnome - Ambiente de desktop Linux GNOME
O GNOME é um acrônimo para GNU Network Object Model Environment. Esse ambiente de desktop popular é um pouco mais novo que o KDE, e é composto apenas por software livre e de código aberto (FOSS). Ele é projetado com o objetivo de fornecer simplicidade, facilidade de acesso e confiabilidade aos usuários. Essas coisas contribuíram para a popularidade do GNOME e o colocaram ao lado do KDE para a melhor área de trabalho.

Um recurso notável é o botão Atividades no canto superior esquerdo da tela. Você também pode pressionar a tecla Super Key / Windows para acessá-la. O botão de atividades permite alternar entre espaços de trabalho e janelas. O GNOME 3.18 adicionou a integração do Google Drive ao ambiente de desktop, permitindo a funcionalidade de compartilhamento de arquivos imediatamente.

Muitas grandes distribuições do Linux vêm com a área de trabalho do GNOME como o ambiente de desktop padrão. Você pode instalar o Fedora, o OpenSUSE, o Ubuntu GNOME, o Debian e o Arch Linux, que são distribuições notáveis ​​do Linux com a área de trabalho do GNOME. SET é um programa desenvolvido para ser um assistente em testes de penetração contra humanos, avaliando assim como um erro humano pode prejudicar o sistema de segurança, ajudando a prevenir que isso aconteça.

3. Cinnamon - Ambiente de desktop Linux Mint
É um dos ambientes de desktop mais populares e melhores que vem como o ambiente padrão no Linux Mint. Em relação à idade, a Cinnamon é tão antiga quanto a MATE (mencionada abaixo) e compartilha um histórico de origem similar. Quando o shell do GNOME foi introduzido com o lançamento do GNOME 3, foi a situação de um dilema para a equipe do Linux Mint. Eles não podiam ir para o shell do GNOME, pois não se encaixavam em seus objetivos, mas não havia alternativa. 

Com o tempo, o Cinnamon amadureceu em um ambiente de área de trabalho completo, mas algumas pessoas ainda acreditam que é um recurso gráfico. Ele também contém versões bifurcadas dos componentes do GNOME 3.

Como pudemos ver, o Linux possui uma infinidade de interfaces gráficas, fazendo o poder de escolha um dos seus grandes trunfos.

E você? Já utilizou alguma dessas interfaces gráficas? Qual você prefere? Conte nos comentários!

Curso Online Aprendendo Gimp

Curso Online Ubuntu Desktop

Melhores ambientes de desktop Linux que você precisa tentar em 2018

 

Continuar lendo
318 Hits
0 comentários

Android: Um Kernel Linux!

O sistema Android está presente nos smartphones há mais de dez anos. O sistema foi criado com base no sistema operacional Linux, presente há muitos anos em alguns computadores. Hoje, o Android é apontado como o sistema operacional mais utilizado no mundo, por conta de ter conquistado tantos aparelhos celulares fabricados nessa última década.

Mas vale ressaltar que o Android não é um sistema puro Linux e sim baseado no Linux. Veja mais!

Continuar lendo
1653 Hits
0 comentários

Por que o Linux não deslancha no desktop?

A total dominação Linux está longe de acontecer, e por alguns motivos já perceptíveis pelos usuários. O desktop Linux é um deles. Hoje em dia a penetração do Linux no desktop ainda é muito baixa, mas por que isso ocorre? Para saber a resposta dessa pergunta, acompanhe o artigo e as explicações abaixo.

Continuar lendo
1971 Hits
0 comentários

Diretórios no Linux: Entenda como funciona!

Os sistemas operacionais são um conjunto de programas que gerenciam o sistema da máquina, fazendo uma ligação entre o computador e o usuário. Hoje, os mais comuns que existem no mercado são Microsoft Windows, Mac OS X e Linux.

A estrutura de diretórios no Linux é um pouco diferente para quem está acostumado com o sistema Windows, mas é bastante definida. Visando a organização, a distribuição Linux e softwares seguem o Filesystem Hierarchy Standard (FHS) - que padroniza as pastas do sistema para receber arquivos. Entenda mais!

Continuar lendo
3823 Hits
0 comentários

Kernel do Linux: O que é e para que serve?

O finlandês Linus Torvalds é o criador do Linux, núcleo (kernel) do sistema operacional GNU/Linux. A relação de Torvalds com a computação teve início quando seu avô, um matemático e professor universitário, comprou um computador Commodore International e pediu para que ele, com 11 anos na época, o ajudasse a usar a máquina.

Por ter ficado tão admirado com o computador, Linus Torvalds desenvolveu o restante do sistema.

Anos depois, comprou uma máquina da IBM e então iniciou profissionalmente no ramo da computação. Em sua autobiografia intitulada Just For Fun, Torvalds afirma que, por culpa de sua impaciência e pelo fato de nunca se contentar com o sistema que utilizava, ele criou o sistema Linux.

Foi em 1991, período em que cursava Ciência da Computação na Universidade de Helsinque, que decidiu compartilhar seu sistema operacional. Hoje, é simplesmente um dos sistemas mais usados do mundo. Acompanhe!

Tags:
Continuar lendo
13795 Hits
0 comentários
Google Analytics Alternative